#BOX DE SÉRIES# - "House M.D." | "Dr. House" (2004–2012)

in boxdeseries •  3 months ago

Fonte: Divulgação (FOX)

Princeton-Plainsboro Teaching Hospital, Nova Jersey, é o local fictício que serve como palco principal para os acontecimentos dessa série. A estrela da equipe médica atende pelo nome de Gregory House um infectologista e nefrologista que ganhou uma fama notória não apenas pelo seu brilhantismo em realizar diagnósticos precisos sobre vários tipos de doenças que outros profissionais não conseguem enxergar/resolver... Mas também, pelo seu perfil incomum: uma mistura de comportamento antissocial, mal humor, cepticismo, muito sarcasmo e uma dose extra de narcisismo.

A série foi projetada nesse característica principal do personagem. Com esse perfil bem fundamentado (algo que obviamente não agrada a todos... sejam chefes, colegas de trabalho e principalmente aos pacientes, House é sempre colocado contra a parede por trabalhar de uma maneira incomum. Ele é o "diferentão" da equipe e faz questão de não interagir interpessoalmente com muitas pessoas (e nessa questão, seus pacientes estão no topo da lista... porque ele não faz mínima questão de ter algum tipo de relacionamento com eles simplesmente por julgar que isso não é uma atitude necessária).

Fonte: Divulgação (Digital Spy)

Os episódios começam de uma maneira relativamente simples: pessoas anônimas aparecem no hospital com sintomas variados (e logo a junta médica se reúne para discutir sobre o problema de uma forma bem dinâmica e que normalmente apresentam soluções diferentes e/ou alternativas), mas um aspecto diferente nessa questão é a investigação médica realizada nesse local só é feita quando os demais hospitais falham (e isso inevitavelmente colocar o Princeton-Plainsboro Teaching Hospital em um patamar elevado).

Nesse cenário, House se faz ainda mais presente porque ele sempre sente a necessidade de mostrar que está correto e que é o pioneiro nos diagnósticos e no tratamento dos mesmos (recorrendo inúmeras vezes ao método socrático para fundamentar as suas ações). Um dos embates mais frequentes no dia-a-dia desse hospital acontece entre Dr. House e o Dr. Foreman, que o julga um médico fora dos "padrões comportamentais aceitáveis". Além disso, fora do âmbito hospitalar, o médico também tem seus problemas.

Fonte: Divulgação (IMDb)

Também fazem parte da equipe médica a Dra. Allison Cameron - conhecida por ser muito próxima de seus pacientes e pela maneira como lida com seus respectivos problemas, sendo um "porto seguro" para os mesmos - e a Dra. Lisa Cuddy, diretora do hospital e amiga pessoal de House. No entanto, Cuddy costuma ser firme em suas decisões (principalmente quando estas envolvem uma aparente falta de ética normativa) e sempre enquadra House quando suas atitudes saem dos trilhos.

Ao longo das temporadas a equipe original se desfaz e House seleciona outros médicos... Porém, todos - sem exceção - são personagens inteligentes, cativantes e bem construídos ao longo de seus desenvolvimentos. O elenco (encabeçado brilhantemente por Hugh Laurie, que está formidável nesse papel!) fundamenta a qualidade da série nesse aspecto, porque é uma turma competente e que demonstra uma boa sinergia na tela (tornando todas as situações ainda mais críveis, facilitando dessa forma, a empatia do público para com a série de maneira geral).

Fonte: Divulgação (In Training)

Outros pontos fortes da série estão relacionados as atitudes controversas que Dr. House frequentemente opta por seguir por acreditar que aquela é a única solução viável no momento. Infringindo regras importantes, ele acumula muitas polêmicas dentro e fora do hospital. Nada nesse personagem soa de forma normal e assim, Dr. House torna-se uma figura polêmica mas que ao mesmo tempo é cativante por ter uma alma essencialmente boa e sempre disposta a ajudar o próximo.

Um dos episódios que pode explicar esse modo incomum de viver do Dr. House está relacionado a uma amargura particular que ele carrega (algo que ele simplesmente odeia comentar/conversar): a dependência de um medicamento chamado Vicodin. Ele faz uso dele para poder controlar as dores pós-operatórias (resultado de operação que foi mal sucedida por causa de uma necrose no músculo quadríceps) a que a sua perna direita se submeteu anos antes e que o obriga a andar com uma bengala.

Tecnicamente a série não tem nenhum destaque que salte aos olhos (apesar de ser um show bem produzido na medida do possível). Tudo está sendo da normalidade, mas a trilha sonora, de vez em quando, consegue uma luz própria por conseguir ser encaixada em momentos bem precisos e com isso, acaba roubando um pouco a cena em determinados momentos.

Fonte: Divulgação (Geek)

Criada por David Shore, a série (originalmente exibida pelo canal FOX) teve 8 temporadas e 177 episódios. Durante a sua trajetória foi muito bem recebida pelos críticos e reuniu um grupo fiel de fãs... Além disso, foi vencedora de diversos prêmios, dentre eles: Emmys, Peadoby, People's Choice Awards e Golden Globes.

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
Sort Order:  

I upvoted your post.

Cheers to you.
@Pinoy

Posted using https://Steeming.com condenser site.